sexta-feira, março 27, 2020

Coronavírus : Assú soma 29 casos suspeitos; quatro foram descartados; dois óbitos são averiguados

Imagem: Reprodução
A coordenação do setor de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde e o Comitê Municipal de Gestão da Emergência em Saúde Pública Decorrente do Coronavírus (COVID-19) comunicam que há 29 (vinte e nove) registros oficiais de pacientes com suspeita de infecção em Assú, tendo sido 26 (vinte e seis) atendidos e coletados em Assú; 01 (um) em Mossoró; 01(um) em Natal; e, 01 (um) em Alto do Rodrigues.
Foram descartados 04 (quatro) casos após exame laboratorial com resultado negativo para coronavírus.

Casos descartados:

Criança do sexo masculino, de 02 (dois) anos de idade, que foi atendida e teve amostra de material coletada em Mossoró;
Jovem do sexo masculino, de 36 (trinta e seis) anos de idade, com histórico de viagem ao exterior. Atendimento e coleta de material em Assú;
Criança do sexo masculino, de 03 (três) anos de idade. Atendimento e coleta de material em Assú;
Jovem do sexo masculino, de 23 (vinte e três) anos de idade. Atendimento e coleta de material em Assú.

Óbitos em investigação:

Entre os suspeitos, registraram-se 02 (dois) óbitos que estão em processo de investigação: o primeiro do sexo feminino, 72 (setenta e dois) anos, portadora de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), veio a óbito no Hospital Regional Dr. Nelson Inácio dos Santos; e, o segundo caso, também do sexo feminino, 83 (oitenta e três) anos de idade, portadora de Neoplasia, vindo a óbito no Pronto Socorro Municipal de Assú, ambas com atendimento e coleta de material em Assú.
Entre os casos descartados, 01 (um) veio a óbito: trata-se da criança de 02 (dois) anos de idade, atendida em Mossoró, tendo laudo conclusivo em negativo para coronavírus e positivo para H1N1.

Monitoramento dos suspeitos e coleta de material:

Os pacientes permanecem em situação estável e sob isolamento domiciliar, acompanhado por profissionais do referido setor de Vigilância em Saúde.
Deve-se atentar para que o descumprimento do isolamento domiciliar poderá acarretar em punição civil, administrativa e penal dos agentes infratores.
As amostras de materiais coletadas para os exames laboratoriais são remetidas para análise no Laboratório Central (LACEN), na capital, onde seguirá o fluxo definido pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP).

Considerações da variação de casos suspeitos:

O número de suspeitos permanece inalterado por ter sido descartados 03 (três) suspeitos e realizada coleta de 03 (três) novos casos na data de 26 de março de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário