sábado, março 21, 2020

Bares, restaurantes e hotéis são fechados em Pipa (RN)

Imagem: Reprodução
Dirigentes da Associação dos Hoteleiros de Tibau do Sul e Pipa (ASHTP) e Pipa Convention Bureau já solicitaram à Prefeitura de Tibau do Sul, a declaração de situação emergencial pública que, somado ao Decreto de Calamidade Pública aprovado nessa sexta-feira no RN, deverá ser publicado no Diário Oficial do Estado e Município nesta segunda-feira (23).
Com esse documento não será interrompido o corte no fornecimento de água e luz em casos de inadimplência. “Isso nos dará amparo jurídico em supostos casos de processos trabalhistas e cíveis de não pagamento a fornecedores”, afirmou o hoteleiro Clidenor, membro da ASHTP.
Outra recomendação das entidades hoteleiras de Pipa será a não concessão de férias coletivas aos funcionários, apesar do esvaziamento de 95% de turistas e hóspedes na praia, a partir da segunda-feira. “Nesse caso, avaliamos que será melhor dar folga aos trabalhadores – principalmente para os residentes em Goianinha, por conta do transporte público – até o final de março e computar isso como banco de horas positivo”.
Até o momento, pelo menos 47 Hotéis, bares, restaurantes, academia e lojas estão encerrando suas atividades. Na próxima semana, o Governo do RN deverá anunciar medidas para amenizar a crise no setor turístico, no que tange à mão de obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário