sexta-feira, janeiro 07, 2022

Em missa de Santos Reis, governadora pede que famílias vacinem crianças assim que possível

Na ocasião, Fátima Bezerra parabenizou a comunidade pelos festejos aos santos que fazem alusão à história do município de Natal

Imagem: reprodução

A governadora Fátima Bezerra participou nesta quinta-feira (6) da missa que marcou o encerramento da tradicional Festa de Santos Reis, co-padroeiros de Natal. Os festejos deste ano celebraram os 40 anos da comunidade paroquial da Sagrada Família e elevação da igreja Matriz de Santos Reis à categoria de Santuário Arquidiocesano.

Ao parabenizar a festa, a governadora lembrou da emoção que sentiu durante a celebração de 25 de dezembro, na reabertura do Forte dos Reis Magos após reforma, e destacou que a comunidade dá uma lição de amor ao próximo por realizar a programação cultural e religiosa de forma responsável, tendo em vista que a pandemia não acabou. Fátima Bezerra pediu de forma enfática que todos se vacinem e imunizem também os filhos, quando chegarem as vacinas infantis.

“Estamos iniciando um novo ano e a primeira coisa que temos que fazer é agradecer a Deus por estarmos celebrando o dom da vida, mas também precisamos sempre manifestar nossa solidariedade àqueles que perderam seus entes queridos”, lamentou, ao destacar que a retomada das atividades foi possível graças ao avanço da vacinação e que é importante que todos estejam em dia com o calendário vacinal.

“Vamos vacinar nossas crianças de 5 a 11 anos. Estamos lutando para que isso aconteça. Conclamamos também aqueles que ainda não se vacinaram a se vacinar. Quanto mais a gente avança na vacinação, mais a pandemia arrefece."

A missa solene foi presidida pelo arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha e celebrada pelo pároco Pe. Francisco de Lima, com a presença de outros sacerdotes. Fátima Bezerra ficou responsável pela leitura de uma liturgia da palavra. Ao cumprimentar a governadora, Pe. Francisco agradeceu pela entrega do Forte: “Muito nos alegrou reabrir o Forte dos Reis Magos."

Na homilia, Dom Jaime sugeriu relacionar a narrativa da história ao tempo atual. “Houve um interesse muito grande dos pagãos que se dispuseram em ver aquele Rei que nascia”, disse referindo-se à visita de Belchior, Gaspar e Baltazar a Jesus. “Em tudo façamos aquilo que é nossa parte, de acordo com nossas convicções na fé”, recomendou o arcebispo, que completou 26 anos de ordenação episcopal.

Também acompanharam a missa o senador Jean Paul Prates, a senadora Zenaide Maia; o deputado estadual Ubaldo Fernandes; o prefeito de Natal, Álvaro Costa; secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado; o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), Manoel Marques; a secretária de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Iris Oliveira.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Ajuda a esse blog continua independente faz um pix, 
Chave. 84996104845

Nenhum comentário:

Postar um comentário