quinta-feira, janeiro 20, 2022

Pedro Avelino vem a dez anos sem abatedouro público municipal e desde de 2018 que a obra está paralisada

Imagem: reprodução

Em 1978, portanto a 44 anos na administração do então prefeito José Adecio foi construído, inaugurado e colocado em funcionamento o abatedouro público municipal.

O projeto arquitetônico e técnico foi de responsabilidade de arquitetos e engenheiros do banco do nordeste Fortaleza/Ceará, era modelo para todas as cidades nordestinas do porte de Pedro Avelino.

Em 2012, o abatedouro municipal foi desativado pelo então prefeito Elson Batista da Trindade com o argumentando “vou construir um matadouro moderno”.

Em 2017, o então deputado José Adecio conseguiu junto ao governador da época Robinson Faria que incluísse entre os 10 abatedouros conseguidos no governo federal a cidade de Pedro Avelino.

Observação, os abatedouros das 9 cidades beneficiadas estão concluídos e funcionando, por falta de vontade do atual prefeito José Alexandre Sobrinho o de Pedro Avelino está inconcluso (obra paralisada a 4 anos).

Até agora o prefeito José Alexandre Sobrinho não executou o que é da responsabilidade da prefeitura (a contrapartida) ou seja: a pavimentação a paralelepípedo da entrada, o aterro e o muro. A 12 anos estamos consumindo carne: bovina, suína, caprina e ovina sem garantias sanitárias, pois os animais são abatidos em locais inadequados e sem autorização do médico veterinário o que é exigido por lei.

Sem nenhum favor, parabenizo o ex-candidato a prefeito Marco Simão, o ex-candidato a vice prefeito Marcelino Machado, o professor Francinaldo Moreira e a pedagoga Larissa Miranda, registrando que os 4 vêm fazendo críticas: oportunas, responsáveis, verdadeiras e contundentes ao prefeito José Alexandre Sobrinho e aos vereadores, cobrando com veemência providências para conclusão da obra do abatedouro público municipal.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário