segunda-feira, maio 11, 2020

Membros da situação de Alto do Rodrigues promovem ataques a radialista

Imagens: Reprodução
Desde que sofreu um atentado à sua vida, o radialista Paulo Soares, Paulo Porto, vem sofrendo perseguição nas redes sociais por parte de integrantes do grupo de situação do município do Alto do Rodrigues, pelo simples fato de ter denunciado ações que julgou descabidas e injustas com a população através de seus meios de comunicação.

Um vereador local, que tem o apelido de “apaga rastro” tem usado como justificativas para a tentativa de assassinato, sofrida pelo comunicado, a discordância de opinião entre grupos políticos e ainda, tentando classificar o atentado como notícia falsa.

Entre os fatos mais interessantes deste final de semana, um se destacou, o prefeito do Ato enviou uma nota de esclarecimento para um blog pré-pago pela prefeitura para atacar os adversários tentando desacreditar o comunicador e se posicionando contra a notícia e não contra a agressão sofrida pela pessoa de Paulo Porto.

Enquanto isso, o secretário de Administração e Governo, Navison Baracho, que é também filho do Prefeito é mais uma que está utilizando as redes sociais para desacreditar o comunicador, ao contrario da mídias estadual que saiu em apoio a Paulo Porto e faz pressão para que o crime seja elucidado.

A grande pergunta que grande parte da população do Alto se faz é: porque esse crime tem incomodado tanto alguns membros do executivo? Por que todo esse trabalho para tentar desclassificar a vítima? Algumas dessas perguntas deverão ser respondidas em breve.

Escute o áudio de um dos vereadores da situação tentando desacreditar Paulinho.



📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário