quarta-feira, novembro 17, 2021

Governadora abre oficialmente a 17ª edição Fenacam, que deve gerar R$ 100 milhões em negócios

Evento vai atrair cerca de cinco mil visitantes, terá 225 expositores e ocupa área de 8 mil metros quadrados no Centro de Convenções de Natal

Imagem: reprodução

A governadora do Estado, professora Fátima Bezerra, abriu oficialmente, na noite desta terça-feira, 16, a 17ª edição da tradicional Feira Nacional do Camarão (Fenacam´21) que segue até a sexta-feira, 19, no Centro de Convenções de Natal. O maior evento de Carcinicultura e Aquicultura do Brasil e América Latina pretende atrair cerca de 5 mil visitantes e reunir 225 empresas expositoras (nacionais e internacionais) que ocuparão uma área de 8 mil metros quadrados. A expectativa dos organizadores é que sejam gerados negócios da ordem de R$ 100 milhões. A Fenacam é promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC), e tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape RN).

Para esta edição, o espaço institucional do Governo do Estado, vai apresentar ações exitosas na área de Aquicultura e Pesca, a partir de uma equipe multidisciplinar formada por técnicos da SAPE, Emparn, Idiarn, Igarn e Idema. Soma-se à equipe do Governo do Estado, o Ministério da Agricultura para atender aos aquicultores do RN.

“Este é um setor que tem crescido bastante e eu não tenho nenhuma dúvida de que as nossas exportações de camarão serão retomadas com vigor. Nosso governo seguirá dando todos os apoios e incentivos necessários para isso, porque entendemos que a conquista de novos mercados redunda em aumento de produção e, consequentemente, da geração de emprego e renda no nosso Rio Grande do Norte”, afirmou a governadora do estado, professora Fátima Bezerra, que também esteve acompanhada do vice-governador, Antenor Roberto e do titular da SEDEC, Jaime Calado.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte, Guilherme Saldanha, destacou que a Fenacam é uma excelente oportunidade de negócios para que produtores brasileiros possam interagir com empresas brasileiras e internacionais. “O Governo do Estado é parceiro do evento. Mas não só do evento. Somos parceiros de todo o setor produtivo. Este governo está de portas e braços abertos para quem deseja fazer negócios aqui. Sobretudo em um setor no qual nosso enorme potencial é reconhecido nacional e mundialmente”, ressaltou o titular da Sape, dirigindo-se ao grande número de carcinicultores presentes e sob elogios ao trabalho da pasta no suporte ao agronegócio em todas as suas facetas.

A Fenacam é composta por diversos ambientes que integram a estrutura técnica, comercial e gastronômica. Este ano, um dos diferenciais será o espaço gourmet, no ambiente da Feira, que contará com degustação de diversos frutos do mar, com destaque para camarões, tilápias, ostras, atuns e afins, além de opções de pratos especiais e bebidas para todos os gostos.

A programação do Simpósio Internacional de Carcinicultura da Fenacam’21 se estende na quarta, quinta e sexta, a partir de 8h30, já a visitação dos estandes acontece entre 14h e 22h. Serão realizados cinco eventos simultâneos. São eles: XVII Simpósio Internacional de Carcinicultura; XIV Simpósio Internacional de Aquicultura; XVII Festival Gastronômico de Frutos do Mar; XVII Sessões Técnicas e Científicas -Aquicultura e Carcinicultura e XVII Feira Internacional de Serviços e Produtos para a Aquicultura.

“A Feira é um catalisador das grandes empresas nacionais e internacionais, além de ponte entre produtores e detentores de tecnologias. Teremos 42 palestrantes de destaque, que irão falar sobre ostra, peixe e camarão. Com a Fenacam a gente prevê muitos negócios com empresas de fora. Isso é importante porque a carcinicultura é um setor que vai crescer muito em todo o mundo”, afirma o presidente da ABCC, Itamar Rocha.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário