sábado, maio 09, 2020

Para estabilizar a economia do município, o prefeito de Macau reduz o próprio salário.

Imagens: Reprodução
Através da sua Secretaria de comunicação, o prefeito da cidade de Macau, anunciou a redução do próprio salário e de alguns cargos comissionados, trata-se de uma ação para estabilizar a economia do município, nesse período de pandemia causado pelo Coronavírus.

Veja a nota:
Entre outras medidas que vem tomando para reduzir despesas nesse período em que se vive a pandemia do Novo Coronavírus, o prefeito de Macau, Túlio Lemos,  autorizou a Procuradoria Geral do Município a publicar Decretos em que a primeira medida “é o de reduzir os salários do prefeito, do vice-prefeito e de todos ocupantes de Cargos Comissionados dos níveis 1 ao 5, com exceção de quem está envolvido diretamente no combate ao Covid-19. O município necessita reduzir algumas despesas para compensar os investimentos que precisam na saúde”, disse Túlio Lemos. A redução dos salários deve , inicialmente, permanecer entre os meses de maio, junho e julho.

Dentro das ações que estão sendo tomadas pela gestão, além da redução em 10% (dez por cento) dos salários do prefeito, vice-prefeito e Cargos Comissionados, o gestor também autorizou suspender temporariamente os contratos dos profissionais regularizados através de processo seletivo e também o contrato de locação do Transporte Escolar. Ambos estão sem atividade nesse momento. 

O pagamento de gratificações e horas extras já estavam suspensas e as exceções também ficarão para servidores (efetivos ou contratados) que estiverem trabalhando em setores envolvidos no combate ao Novo Coronavírus.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.


Nenhum comentário:

Postar um comentário