domingo, junho 14, 2020

Robinson critica Fátima e diz que RN tem a pior gestão do País no combate ao coronavírus.

Imagem: Reprodução
ex-governador Robinson Faria fez duras críticas, neste domingo (14), à atual governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. De acordo com ele, a gestão estadual tem sido “omissa” no combate ao novo coronavírus e tem colocado a política partidária acima do enfrentamento à pandemia.

Em seu programa semanal na Rádio Agreste FM, de Nova Cruz, Robinson afirmou também que a governadora está “escondida”. Ele cobrou de Fátima Bezerra ações mais efetivas na área da saúde e o reconhecimento de que o Governo Federal tem ajudado o Estado.

“O governo (estadual) não está fazendo nada no combate à pandemia. Não tem resposta. O governo está totalmente omisso. A governadora está escondida, não está enfrentando. Ela não dá entrevista porque não tem o que dizer, a não ser quando é entrevista combinada”, afirmou o ex-governador.

Segundo Robinson, o Rio Grande do Norte tem a pior gestão do Brasil no enfrentamento à Covid-19. Para o ex-governador, a atual gestão tem se aproveitado do “legado” deixado pela gestão dele na área da saúde e da ação do Governo Federal.

“A governadora gosta muito de falar do governo federal e do governo estadual passado, que foi o meu. Mas nós implantamos 120 leitos de UTI no Rio Grande do Norte. Ela quer botar a culpa da sua incompetência no governo federal, que só fez ajudar, e no governo estadual passado, que deixou um legado na saúde, que está salvando milhares de vidas. Ela não agradece, só faz criticar”, afirmou.

Na semana passada, o Governo do RN divulgou que já abriu 309 leitos específicos para o tratamento de Covid-19 até agora, sendo 182 leitos de tratamento intensivo e 127 leitos clínicos e de estabilização. Além destes, outros 36 leitos críticos abertos no município de Natal que contaram com auxílio do Governo do RN.


Sobre a ajuda federal, o ex-governador do Rio Grande do Norte cobrou que Fátima Bezerra explique como serão aplicados os mais de R$ 237 milhões que a administração estadual recebeu na semana passada do governo do presidente Jair Bolsonaro. Robinson também disse que, se não fosse o auxílio emergencial pago a trabalhadores informais e desempregados, milhares de potiguares estariam passando fome atualmente por falta de ação do Estado.

Fonte: RN Urgente 

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário