quarta-feira, novembro 04, 2020

Em Apodi, Agnaldo propõe crédito popular sem juros para microempreendedores e autônomos

Imagens: Reprodução

Candidato à Prefeitura de Apodi, Agnaldo Fernandes afirmou que, caso eleito, destinará no mínimo R$ 600 mil por ano "para esse auxílio, em que a pessoa vai pagar em 10 vezes sem juros e com a carência de 12 meses, a partir do recebimento do benefício."

Agnaldo garantiu o crédito popular sem a cobrança de juros para os Microempreendedores Individuais (MEI) e autônomos que estejam iniciando suas atividades comerciais. 


De acordo com o candidato, "não é simplesmente distribuir dinheiro, mas colocar comida na mesa dos pequenos comerciantes que sofrem com a crise econômica". 

A proposta foi apresentada na última quarta-feira (28), durante o debate promovido pelo grupo TCM Telecom. O projeto foi muito bem recebido pela população.

Agnaldo teve como base para sua proposta os números do último censo do IBGE, que mostram que mais da metade da população sobrevive com apenas metade de um salário mínimo. 

"A falta de emprego está empurrando muitos apodienses para o serviço autônomo e empreendedor. Desta forma, nós não iremos desamparar essas mães e pais de famílias. Nós iremos ajudar e valorizar eles", afirmou Agnaldo Fernandes.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário