quarta-feira, janeiro 27, 2021

Sindicatos de Transportes do RN se Reúne com Secretário da Tributação do Governo Fatima Bezerra

Imagens: Reprodução

Em reunião realizada nesta terça feira as 17h, Convocada Pelo Sindicato dos Trabalhadores Em Aplicativos do RN - SINTAT/RN na Secretaria de Tributação do Rio Grande do Norte, o Secretário de Tributação Carlos Eduardo Xavier, recebeu os sindicatos dos trabalhadores em transportes rodoviários de cargas do estado do RN- SINTROCERN, e dos Motoristas por Aplicativo e o Sindicato dos Postos de Combustíves - SINDPOSTOS para uma longa conversa com a pauta do reajuste dos preços da gasolina e do diesel,  que a partir de hoje quarta-feira dia 27. De acordo com a estatal PETROBRAS, o preço médio da gasolina vai subir 5,05%. O último aumento da gasolina foi anunciado no último dia 18 de janeiro, o que preocupa muito o setor. 

O Presidente do sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de cargas do Rio Grande do Norte Edson Negão, frisou a importância da categoria em nosso estado e demostrou preocupação referente a paralização nacional dos caminhoneiros disse Edson Negão que "parar agora não será bom para a economia do pais" e colocou na mesa algumas demandas da categoria que é  a redução no preço do combustível e a maior segurança nas rodovias por parte do governo. 

Já o Secretario da Governadora, afirmou que o aumento não compete ao  estado e sim por parte da politica do governo Federal, e, que no momento não pode fazer nada referente a o aumento.

A resposta devolutiva do governo estadual preocupou muito ambos os  sindicatos, que  reafirmou a iniciação da paralização da categoria dia 1 de fevereiro aqui no estado. 

O SINDPOSTOS - Na Pessoa de Seu Presidente Antonio Sales - Toninho, reconhece que não houve aumento por parte do Governo Estadual e nem por parte dos Postos de Combustíveis. Mas que está disposto a lutar com os trabalhadores pela redução do preço e da politica de preço praticada pela PETROBRAS. 

Já o Sindicato dos Aplicativos - SINTAT/RN, na figura de Carlos Cavalcanti e Wendell Xavier solicitou ao Secretário a baixa do preço da gasolina e álcool, adicionando a Categoria de motorista por aplicativo com o Mesmo Incentivo dado às Empresas de ônibus no Período de Pandemia, que reduz em 50% o Valor do ICMS no combustível utilizado para realização dos Trabalhos da Atividade.

A Tributação Estadual Irá Submeter à Votação no CONFAZ Para Tentar Viabilizar O Desconto Pleiteado Pelos Motoristas de Aplicativos Através de Seu Sindicato. Outra Demanda posta pelos sindicatos foi a Inclusão da Categoria no Plano Estadual de Imunização Como Grupo de Prioridade, Respeitando a Publicação  Anunciada Pelo Ministério da Saúde e da Infraestrutura no Ultimo dia 18/01.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário