quinta-feira, novembro 04, 2021

Governo do RN divulga calendário de pagamento dos atrasados

Imagem: reprodução

Durante reunião da governadora Fátima Bezerra com o Fórum dos Servidores ficou acordado que o pagamento do 13° salário de 2018 de quem recebe acima de R$ 4.500,01 será feito no dia 15 de setembro. Quem tem salário abaixo desse valor teve a divida quitada. Abaixo confira o calendário divulgado por Fátima Bezerra.

Dezembro de 2018 

A dívida de dezembro de 2018 será pago dessa forma:

31 de janeiro de 2022: até R$ 3.500,00

31 de março de 2022: de R$ 3.500,01 até R$ 6.000,00.

Maio de 2022: acima de R$ 6.000,01.

13° salário 2021

A governadora anunciou que a conclusão do pagamento do 13° deste ano só acontecerá em 2022. O calendário divulgado ficou assim:

1ª parcela: 30 de novembro

2ª parcela: 23 de dezembro

 3ª parcela: 04 de janeiro de 2022.

A porcentagem e o valor não foram divulgados e segundo o governo serão informados em breve.

Metodologia ” de pagamento

A governadora Fátima Bezerra anunciou a manutenção da atual forma de pagamento, apesar do Fórum dos Servidores solicitar a mudança dessa metodologia.

– Dia 15 recebem os servidores da segurança, e todos que ganham até R$ 4.000,00. Demais servidores recebem 30%.

– Dia 30 servidores recebem 70% restante de seus salários.

“Apesar de discutirmos o ano todo com o governo a mudança no formato de pagamento dos servidores, com todos recebendo na mesma data, nosso pedido não foi analisado e a governadora decidiu manter a atual maneira, que privilegia algumas categorias”, analisou a presidente do SINSP, Janeayre Souto.

Apesar de ter recursos, governo não vai antecipar 40% dos salários dos servidores

“Tínhamos a expectativa de que o governo fosse anunciar para 15 de setembro o pagamento de 40% do 13° de 2021 para todos os servidores que não foram beneficiados em junho. Uma pequena parte do funcionalismo recebeu. Cadê o mesmo direito para todos?”, questionou Janeayre Souto à govenadora Fátima Bezerra.

Governo tem recursos, porém não tem vontade política de pagar atrasados

A presidenta do SINSP ainda fez questão de mostrar os dados coletados no Portal da Transparência que comprovam que o governo tem recursos em caixa, mas decide não pagar os salários atrasados.

“Entre janeiro e agosto de 2021, o governo recebeu 1,5 bilhão a mais que o mesmo período de 2020. E nem tem como dizer que a diferença é tão grande por causa da pandemia porque os números são superiores que 2019 também. Basta analisar o Portal da Transparência, como fazemos todos os meses. Queremos saber o porquê desse dinheiro não ser utilizado para pagar os servidores públicos”, concluiu Janeayre Souto.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário