sexta-feira, maio 13, 2022

Ex-candidata a vereadora e atual secretária do município do Assú tem registro político cassado por 8 anos

Imagem: reprodução

Thamires Dantas, popularmente conhecida por Bia Dantas, que atualmente está exercendo a função de secretária municipal de Mobilidade Urbana e Transporte na prefeitura de Assú, teve seu registro político cassado parcialmente por suposto crime eleitoral cometido nas eleições de 2020. 

Bia foi candidata a vereadora pelo Solidariedade e obteve 869, na época o partido elegeu três vereadores e essa votação foi de suma importância onde a mesma foi bem votada na zona rural. 

A jovem secretária recebeu a pena de multa correspondente a 10mil Ufir e a cassação de diploma, bem como a sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos oito anos subsequentes à 2020.

O juiz eleitoral da 29ª Zona Eleitoral, em Assú, Diego de Almeida Cabral, emitiu sentença envolvendo Thamires Dantas de Oliveira (Bia Dantas) e Rosalvo Dantas de Oliveira, pai de Bia. 

Foi aplicada a Rosalvo Dantas de Oliveira a sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos oito anos subsequentes à 2020.

Caso haja recurso à decisão, a ação vai para o TRE-RN.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.


Nenhum comentário:

Postar um comentário