terça-feira, fevereiro 25, 2020

São Clemente mostra ‘trambiques brasileiros’ com samba de Adnet e humoristas na Sapucaí

Imagens: Reprodução
A São Clemente fez um desfile com críticas irreverentes sobre “golpes e trambiques” do Brasil. O samba teve coautoria de Marcelo Adnet. O desfile colorido e satírico abriu o segundo dia do Grupo Especial do carnaval carioca em 2020, na noite desta segunda-feira (24).
O enredo “O conto do vigário”, do carnavalesco Jorge Silveira, se baseou na expressão popular, surgida no século 18 em Minas Gerais, e mostrou outras histórias de trapaças. A São Clemente busca seu primeiro título no Grupo Especial.
A letra do samba contou casos desde portugueses enrolando Napoleão até as modernas “fake news”, entre outros golpes – venda de terreno em cemitério, troca de dentadura por votos, caixa 2 etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário