sábado, fevereiro 29, 2020

Secretário relata a prefeito etapas de processo de remediação do antigo lixão do Assú

Imagem: Marcos Costa/Assessoria
Ação sucedânea à operacionalização do Aterro Controlado do município, num investimento com recursos próprios acima de R$ 251 mil, o estágio de reabilitação da área física que durante décadas abrigou o lixão situado na área perimetral urbana do Assú já tem cada uma das etapas sendo trabalhada no âmbito da Prefeitura. Foi o que transmitiu ao prefeito Gustavo Montenegro Soares, durante audiência de trabalho nesta semana, o secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Jonaelson Medeiros. 

Ele diz que a tarefa, que consiste na execução de um programa de recuperação ambiental do terreno, representará a complementação do compromisso entre a gestão, o Ministério Público, o Idema/RN e a Procuradoria Geral do Estado. O secretário Jonaelson Medeiros explica que há o conceito de que este tipo de área deve ser remediado e fechado para propiciar segurança à população circunvizinha, tornando possível garantir harmonia entre o meio ambiente e a coletividade local. 

“(...) Tratamos de ações públicas que possam impactar satisfatoriamente no melhoramento das condições ambientais do município e, especificamente, na solução definitiva, em todos os aspectos, da situação do lixão que está sendo erradicado em nossa gestão, eliminando um gargalo que há décadas incomodava uma parte da nossa população. Este processo passa por todo um trabalho de remediação da área ora desativada”, registrou o prefeito Gustavo Soares sobre o contato mantido com o colaborador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário