terça-feira, abril 13, 2021

Ubaldo lamenta tragédias envolvendo gás de cozinha apresentando PL e cobrando atuação do poder público

Imagens: Reprodução

Morador das Rocas, onde vizinhos sofreram, nesta semana, um acidente doméstico envolvendo botijão de gás, fato que ocorreu pouco depois de outro incidente semelhante em Mãe Luiza, também na zona Leste de Natal, o deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL) busca mais segurança na venda e acondicionamento desses produtos no Rio Grande do Norte. 

Em participação na sessão plenária remota desta terça-feira (13), o parlamentar cobrou mais fiscalização do Corpo de Bombeiros, assim como campanhas educativas por parte do Governo do Estado, além de informar que protocolou Projeto de Lei no sentido de tentar resguardar os potiguares dos riscos de acidentes domésticos envolvendo esses equipamentos. 

"Cinco membros da mesma familia foram atingidas no acidente que danifucou quatro imóveis na nossa rua e fica nosso registro e oração a Deus para que a saúde deles se restabeleça o mais breve possível. Ao mesmo tempo, agradeço todos os órgãos envolvidos pela segurança à população no entorno do incidente. Fiquei atento e vi total assistência!". 

Mas o deputado chama atenção do Corpo de Bombeiros para que faça vistorias periódicas nas empresas distribuidoras e revendedoras dos botijões de gás observando o cumprimento das legislações, assim como das normas técnicas brasileiras de controle porque, para ele, não é admissível esse tipo de situação começar a se tornar rotineira. E sugere que esse trabalho preventivo seja amparado com campanhas educativas de conscientização, usando a publicidade do Governo. 

"E apresentei hoje projeto de lei na Assembleia Legislativa para que as empresas que vendem os botijoes tenham mais controle, com os cuidados preventivos necessários, assim como o Corpo de Bombeiros faça esse monitoramento preventivo mais efetivo", concluiu o deputado Ubaldo.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário