Drogaria Santa Clara

Drogaria Santa Clara

quarta-feira, agosto 24, 2016

Garibaldi recebe secretário do Ministério dos Transportes e trata da duplicação da Reta Tabajara , também Ministro garante exportações do melão brasileiro para a China

O senador Garibaldi Filho recebeu o secretário de gestão dos programas de transportes do Ministério dos Transporte, Luciano Castro. Durante a audiência, foram discutidos assuntos relacionados à pauta legislativa de interesse do Ministério e também temas importantes para o Rio Grande do Norte.

“Conversamos a respeito do bom andamento das obras de duplicação da Reta Tabajara e também pedi informações sobre a duplicação da BR-304 até a fronteira com o Ceará”, informou o senador Garibaldi Filho. Ele destacou que a conclusão das duas obras é fundamental para o escoamento da produção dos produtos fabricados nos distritos industriais da zona metropolitana de Natal. 

Ministro garante exportações do melão brasileiro para a China

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, garantiu na noite desta quarta-feira (24) ao senador Garibaldi Filho que o governo brasileiro honrará o acordo firmado com a China, que trará como um dos seus efeitos práticos a exportação de melão para aquele país asiático. Garibaldi Filho manteve contato com o ministro atendendo a pedido dos produtores do RN, representados pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado, José Vieira.

Os produtores de melão estão preocupados com o lobby que agricultores da região Sul estão promovendo para emperrar o acordo que vem sendo negociado entre os dois países desde o ano de 2013. Os chineses querem comprar o melão brasileiro e mandar para cá a pera produzida por eles. Produtores rurais gaúchos e catarinenses temem que o aumento da oferta da pera no Brasil prejudique as vendas da maçã.

Em janeiro passado, uma equipe do órgão de defesa agropecuária da China visitou fazendas produtoras de melão no Rio Grande do Norte e no Ceará para conhecer os controles fitossanitários dos plantios. A inspeção foi mais um passo para viabilizar um acordo sanitário bilateral e liberar as exportações do melão brasileiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário