terça-feira, junho 09, 2020

UPAs de Natal atendem mais de 800 pacientes de outras cidades em maio

Imagem: Reprodução
A rede pública de Saúde de Natal registra uma sobrecarga em sua capacidade de atendimento durante o período da pandemia da Covid-19. As quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) instaladas na cidade refletem com clareza este quadro. Voltadas originalmente para atender à população de Natal, as unidades atenderam a mais de 800 pessoas de outras cidades do Rio Grande do Norte e até de outros Estados em maio.

A UPA da Cidade da Esperança, na Zona Leste, absorveu a maior parte desses atendimentos no mês passado, com 351 registros. Em seguida, vem a UPA do Pajuçara, na Zona Norte, com 268 atendimentos. As UPAs Sul (158 pacientes), em Cidade Satélite, e Potengi (49), também na Zona Norte, também receberam usuários do SUS provenientes de outras praças.

Por ser a capital e uma estrutura mais organizada na rede pública de Saúde, é visto como natural que Natal absorva pacientes de fora dos seus limites. Um dado que atesta esta situação está diretamente ligado aos usuários do Sistema Único de Saúde. Há mais de 1,4 milhão de cartões do SUS emitidos para usuários da cidade, que, no entanto, possui aproximadamente 850 mil habitantes.

O quadro se agravou neste período de pandemia para as UPAs natalenses. A alta demanda já provocada pelos índices de transmissão da Covid-19 na cidade é reforçada pelos pacientes de fora que as procuram. O resultado é que as UPAs da capital estão operando em níveis bem acima de sua capacidade, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Além de absorver pacientes oriundos de cidades de todas as regiões do Rio Grande do Norte, as quatro UPAs de Natal receberam pessoas de outros Estados. Há registros de usuários provenientes de Pernambuco, Paraíba, Ceará, Sergipe, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás e Paraná.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário