terça-feira, dezembro 15, 2020

Prefeitura confirma que Kerinho não se desligou de cargo para concorrer nas eleições e deixa mais difícil condição de Beto Rosado

 

Imagens: Reprodução

A Prefeitura de Monte Alegre confirmou mais uma vez, desta vez em ofício demandado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), que o cargo comissionado do município entre 2017 e 2018, Kericles Alves, o “Kerinho”, não se desincompatibilizou da função para se candidatar a deputado federal e ter votos que ajudaram o atual deputado federal Beto Rosado (PP) a ter a cadeira na Câmara dos Deputados, o que pode ficar ainda mais complicado de se manter caso a Justiça Eleitoral anule a candidatura e votação de Kerinho no pleito de 2018.

Na documentação encaminhada, a Prefeitura confirmou o vínculo de Kerinho como ativo durante todo o período entre fevereiro de 2017 e dezembro de 2018 com a apresentação dos diversos contracheques. Segundo a legislação eleitoral, o servidor público deve se desligar do cargo quatro meses antes da eleição para poder concorrer, o que no caso de Kerinho segundo documentos não ocorreu e pode gerar repercussão na bancada federal potiguar.

Uma possível anulação da candidatura e votos de Kerinho, poderia causar a entrada de Fernando Mineiro (PT) no lugar de Beto Rosado com a a recontagem dos votos e quociente eleitoral.

Confira documentos

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário