sábado, agosto 29, 2020

Mossoró: Cristo sai de casa para comprar pão é surpreendido e morto com tiros de pistola

Imagens: Reprodução
O crime aconteceu por volta das 05 horas deste sábado, 29 de agosto, na Rua Ricardo Lima, no Ouro Negro, bairro Aeroporto em Mossoró no Rio Grande do Norte. Foi a 4ª morte por assassinatos na mesma família em 2020
Edicarlos Cristo da Silva de 49 anos de idade, residente na Rua Olivacir Rodrigues de Freitas, foi surpreendido e morto com cerca de 10 tiros de pistola 380, quando saia de casa em direção a uma padaria, onde costumava tomar café e coletar restos de comida para seus animais. Segundo informações, “Cristo” tinha uma criação de porcos e costumava sair bem cedo de casa para coletar restos de comidas para os animais.
Moradores da rua foram acordados com o barulho dos tiros, mas ninguém viu nada do ocorrido. Quando alguém teve coragem de sair na rua, “Cristo” já estava sem vida, com parte do corpo embaixo de sua motocicleta.
Cerca de 16 capsulas de pistola calibre 380 foram localizadas na cena do crime. Segundo o perito criminal Marcos Dayan, “Cristo” foi atingido com cerca de 10 tiros, a maioria pelas costas e na cabeça.
Segundo a própria polícia, aparentemente a vítima não tinha envolvimento com ilícito. Ele teve um filho assassinado no dia 01 de abril passado na Rua Sebastião Saraiva no bairro Aeroporto. Jackson Romualdo da Silva de 25 anos de idade, estava tomando banho de chuva na frente de sua residência quando foi surpreendido por três criminosos que chegaram de motocicleta. Ele ainda tentou fugir, mas foi seguido e morto a tiros de pistola na sala da residência. 
Ainda segundo informações da polícia, outras duas pessoas “pai e filho” ligadas a família de “Cristo” foram assassinadas esse ano no mesmo bairro: 
 
Jefferson Fernandes Simão “Braguinha” de 24 anos de idade, foi morto a tiros no dia 21 de março na rua de acesso Hospital Regional Tarcísio Maia, quando estava indo levar a mãe para visitar seu pai, que havia sido baleado na zona rural, numa tentativa de homicídio. Francisco Simão de 67 anos de idade, pai de “Braguinha, foi assassinado, a tiros na calçada de sua residência na Rua Artur de Sousa Leite, no Bairro Aeroporto, No dia 21 de julho desse ano.

As investigações deverão apontar o que teria motivado as mortes. A polícia ainda não sabe se existe alguma ligação entre os crimes. 
Fonte: O Câmera 
📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário