quinta-feira, dezembro 10, 2020

Servidores Fantasmas: Prefeito de Ipanguaçu pode ter registro de candidatura cassada

Imagens: Reprodução

O prefeito da cidade de Ipanguaçu (RN), Valderedo Bertoldo, é um forte candidato para ter registro de candidatura cassada, já foi alvo de algumas investigações pelo Ministério Público, e agora é alvo do MP eleitoral, que pede uma ação de investigação judicial eleitoral por ABUSO DE PODER ECONÔMICO e POLÍTICO.

Os envolvidos no processo são o prefeito Valderedo Bertoldo, a vice-prefeita eleita Mara Carmelita, Pedro Janildo Souza de Araujo Junior, Yuri Feldman Cabral da Silva, Leandro Ferreira Tomé, José Neto Costa, Francinaldo Gonzaga Bento.

Diante dos fatos constatados pelo MP eleitoral, “o atual gestor teria contratado quantidade expressiva de pessoas para trabalhar na Prefeitura, por meio de contrato com empresa terceirizada, acrescentando que tais pessoas não se encontravam trabalhando, sendo os denominados “servidores fantasmas”, segundo o MP.

O MP ainda destacou que “não se pode deixar de observar que essa estratagema do gestor causou substancial prejuízo financeiro ao município, tendo em vista que os valores destinados à contratação de terceirizados era substancialmente superior aos contratados diretamente pelo município, mais precisamente o dobro do custo, sendo relevante destacar que as terceirizações foram sucessivamente renovadas”.

Por fim, o MP eleitoral requer a sanção de deixar inelegíveis nos oito anos subsequentes à eleição todos os envolvidos, e especialmente a cassação de registro de candidatura de Valderedo e de sua vice-prefeita eleita, Mara Carmelita logo após a diplomação.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário