terça-feira, junho 07, 2022

Serra Barriguda será patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do RN

Imagem: reprodução

Uma das sete belezas naturais do Rio Grande do Norte, a Serra Barriguda, localizada em Alexandria se tornará, em breve, patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do estado. A proposta foi aprovada à unanimidade nesta terça-feira, 7, na Assembleia Legislativa, por meio do projeto de lei de iniciativa da deputada Cristiane Dantas (Solidariedade).

Em defesa do PL, a parlamentar destacou a importância da serra para a cidade e para os alexandrienses. “Além do seu valor paisagístico, a Serra Barriguda representa um patrimônio imaterial para toda população de Alexandria, serra que já deu nome ao município e é uma das sete belezas naturais do nosso estado, em concurso realizado pelos Jornais Diário de Natal, O Poti e pela Rádio Poti, em 2007”, enfatizou.

Com a aprovação na Assembleia, o projeto aprovado seguirá para sanção do governo do estado. A expectativa é que o reconhecimento da Serra Barriguda como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do estado fomente a economia por meio do turismo regional.

Serra Barriguda

A Serra Barriguda é um pico de granito de idade pré-cambriana, com altitude de 602 metros e altura de 310, sendo a principal referência do Município de Alexandria, no Alto Oeste. O mestre folclorista Luiz da Câmara Cascudo, na obra Nomes da Terra, menciona que, em 1737, o tenente-coronel Antônio da Rocha Bezerra era possuidor de terras na Serra Barriguda.

Além disso, constam outros registros históricos datados de 1744 e 1748, em cartas do período, as quais destacam a importância da Serra Barriguda. A Serra Barriguda compõe o brasão, a bandeira e hino do município de Alexandria, se confundindo com a sua própria história e sendo um local de afinidade e orgulho de todos os munícipes.

Central do Cidadão São Gonçalo

Ainda na sessão plenária, outro projeto de lei da deputada Cristiane Dantas foi aprovado. O que denomina a Central do Cidadão de São Gonçalo do Amarante de Vereador Miguel Pedro Pontes. A denominação é uma homenagem ao ex-vereador falecido em 2000. Miguel Pontes era conhecido por sua atuação social junto aos mais carentes no município e no bairro Santo Antônio.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário