sexta-feira, julho 26, 2019

Quadrilha formada para fraudar DPVAT em Macau

Imagem: Reprodução
Segundo a promotora de justiça, Tiffany Mourão Cavalari Lima, uma verdadeira quadrilha liderada por Leandro de Souza se formou com o objetivo de fraudar o seguro DPVAT no município, segundo a peça vinda da promotoria, cada um desempenhava uma função na associação criminosa:

O MP afirma que Orllena Elisiane Santos da Silva preenchia a documentação para a solicitar a liberação do seguro fraudado, Juliane Aline Baracho do Santos, Esposa de Leonardo de Souza coordenava as atividades da quadrilha, e o chefe Leandro de Souza, fraudava os boletins de ocorrências completando a atividade criminosa.

A promotora está solicitando a suspenção de Leandro de suas funções na Polícia Militar, a proibição do seu acesso em qualquer delegacia de polícia de Macau e do batalhão de polícia situado na cidade. Tudo para evitar que a pratica criminosa continue acontecendo.

Depois de todos os fatos expostos pelo Ministério Público, a questão que fica na mente da população é se já pode considerar Leandro de Souza como chefe de quadrilha de estelionatários?

Por: Anônimo de Oliveira




CHEGAMOS OFICIALMENTE nos smartphones!!! 🤩📱
Você já pode fazer pedidos, dar uma olhada no cardápio, se programar pra aproveitar as promoções e muito mais! 😏

Vai na Play Store e baixa o app oficial do Matheus Burger -> -> -> Pediu, chegou, comeu! 🍔🍕🥓

Nenhum comentário:

Postar um comentário