segunda-feira, setembro 02, 2019

Prefeitura do Assú acompanhou encontro de apresentação de Projeto de Trabalho Quilombola

Imagem: Aparecida Dantas
A comunidade rural de Bela Vista Piató, em Assú, foi palco neste domingo, dia 1º de setembro, de um encontro que contou com a participação de representantes da corporação empresarial indiana Sterlite Power e suas subsidiárias; da fundação Cultural Palmares; e, a Prefeitura Municipal do Assú. A gestão se fez presente por intermédio da secretária adjunta de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, Aparecida Dantas. Na ocasião, a empresa explanou o Plano de Trabalho Quilombola que será posto em prática na referida povoação, que possui reconhecimento oficial como sendo remanescente de tal etnia.

A secretária Aparecida Dantas explicou que a exposição do projeto na comunidade se deve ao fato de a localidade se encontrar dentro do espaço geográfico pelo qual passará um ramal das linhas de transmissão que serão implementadas no estado. Em face disto, Bela Vista Piató será beneficiada com ações dentro da compensação ambiental pela execução da obra energética. No dia 15 de agosto passado o conteúdo do Projeto Dunas foi detalhado ao prefeito Gustavo Soares por Udo Gebrath e Gustavo Diniz, respectivamente, Gerente de Meio Ambiente e Assessor de Relações Institucionais da Sterlite Power.

Com investimentos na ordem de R$ 600 milhões para o estado e expectativa de geração de 800 a 1.200 empregos diretos, o Projeto Dunas prevê a construção de 421 quilômetros de linhas de transmissão de energia interligando doze cidades do Ceará e sete do Rio Grande do Norte. O empreendimento inclui a ampliação de três subestações e construção de mais três subestações. No estado, as linhas de transmissão passarão pelas cidades de Assú, Upanema, Caraúbas, Governador Dix-sept Rosado, Mossoró, Baraúna e Tibau. De acordo com o contrato assinado em setembro de 2018 com a ANEEL o projeto deverá ser concluído até 2023.




Nenhum comentário:

Postar um comentário