sexta-feira, dezembro 24, 2021

Petrobras vende complexo em Sergipe por US$ 1,1 bilhão

Imagem: Reprodução

A Petrobras comunicou a venda da totalidade de sua participação dos campos terrestres do Polo Carmópolis, em Sergipe.

O anúncio ao mercado foi feito na quinta-feira 23. Segundo a estatal, a operação soma US$ 1,1 bilhão (RS 6,2 bilhões). Os ativos serão vendidos à Carmo Energy.

O valor do negócio está dividido em um sinal de US$ 275 milhões, outros US$ 550 milhões no fechamento da operação, e mais US$ 275 milhões depois de 12 meses da conclusão.

O Polo Carmópolis compreende 11 concessões de produção terrestres, localizadas no Estado de Sergipe. Juntos totalizam uma produção de 10,9 mil barris/dia.

Inclui ainda acesso à infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte de petróleo e gás natural.

O ativo compreende ainda o Complexo Operacional de Atalaia, que inclui o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo), com cinco tanques, totalizando 168 mil m³ de capacidade de armazenamento, e também o oleoduto de escoamento da produção até este terminal (Bonsucesso–Atalaia), com 48 quilômetros de extensão.

O Polo conta com 11 estações de tratamento e cerca de 230 quilômetros de gasodutos e oleodutos.

Ainda no comunicado, a Petrobras destacou que a venda está alinhada à sua estratégia de gestão de portfólio e de melhoria de alocação de capital.

Carmópolis é o maior campo terrestre do Brasil, com um volume original de 1,76 bilhão de barris de óleo equivalente. É também o mais antigo de Sergipe, com início da produção em 1963.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Ajuda a esse blog a continua independente faz um pix, 
Chave. 84996104845

Nenhum comentário:

Postar um comentário