segunda-feira, julho 08, 2019

Município do Assú é habilitado a receber recursos para equipamentos do CRI e CAPS

Imagem: Assessoria 

Atendendo o compromisso de melhorar os serviços de saúde e como resultado de gestões em Brasília, no mês de junho último, o município do Assú, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu autorização para receber, do Ministério da Saúde, recursos financeiros que serão destinados à compra de equipamentos para o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS e Centro de Reabilitação Integrada – CRI. A habilitação ocorreu através das Portarias números 1.617/2019 e 1.638/2019, publicadas no Diário Oficial da União do dia 28 de junho.

O aporte financeiro tem origem em emenda parlamentar do deputado federal Rafael Motta e se refere a duas de três propostas cadastradas pela administração municipal na referida emenda, explica a secretária municipal de Saúde, Viviane Lima (foto). Com ordem total de R$ 49.955,00, a estruturação dos serviços de saúde com novos equipamentos contará com a compra de aparelhos de ar condicionado e poltronas para o CAPS, possibilitando melhor ambientação e conforto aos usuários de saúde do estabelecimento.

Para a unidade do CRI serão adquiridos equipamentos para proporcionar ampliação nas condutas de reabilitação: infravermelho, barras paralelas, ultrassom, balancim, TENS, FES, aparelho de Bonnet, escada com rampa, entre outros itens. A secretária municipal de Saúde salientou que o pleito encampado pelo Poder Executivo municipal vem atender as necessidades dos serviços de saúde pública que, por muito tempo, não são contemplados com a renovação dos citados equipamentos.

Dessa forma, pretende-se aumentar o quantitativo de usuários atendidos e reduzir a demanda reprimida, bem como o escopo de recursos terapêuticos a serem disponibilizados pelo estabelecimento aos fisioterapeutas que atendem no CRI. Melhorar os serviços de saúde implica em proporcionar adequação da ambiência e possibilitar melhor resolutividade às necessidades de saúde da população. A gestão municipal aguarda, ainda, a habilitação de mais duas propostas no valor de R$ 399.950,00 que objetivam equipar as Unidades Básicas de Saúde - UBSs e ampliar a oferta de vagas no transporte sanitário de pacientes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário