quinta-feira, julho 29, 2021

Memorial do Legislativo Potiguar preserva história do Rio Grande do Norte

Imagem: Reprodução

A sociedade potiguar tem um espaço para pesquisar e conhecer um pouco da história do Poder Público no nosso Estado. O Memorial da Assembleia Legislativa do RN, situado na Cidade Alta, tem como principal objetivo promover o resgate e a divulgação da história do Poder Legislativo Estadual, contribuindo para o desenvolvimento da história política, administrativa e cultural do Rio Grande do Norte e, de forma mais ampla, do Brasil.

Outra atribuição do Memorial da ALRN é disseminar a memória urbana através de ambientação cultural-educativa, organizada em sistemas integrados de documentação e informação, acessíveis ao público, garantindo a sua apreciação por atuais e futuras gerações.

Dentro de uma perspectiva inclusiva e participativa, o Memorial do Legislativo Potiguar busca atingir a valorização da História do Poder Legislativo do Rio Grande do Norte, particularmente no papel social da Casa Legislativa no desenvolvimento da cidadania.

Pretende-se socializar o patrimônio e revitalizar valores de memória e de pertencimento que podem possuir características e uma historicidade que permitem outras formas de análise da sua proposta. Seu discurso pode ser compreendido como diferenciado e aberto a uma revisão constante.

A equipe do Memorial trabalha no sentido de criar ambientação cultural-educativa, organizada em sistemas integrados de documentação e informação, acessíveis ao público, garantindo a sua apreciação por atuais e futuras gerações. Para tanto, utiliza-se da interdisciplinaridade entre a história do Brasil e do Rio Grande do Norte, paleografia, arquivologia, museologia, e artes visuais.

O Memorial do Legislativo Potiguar foi implantado pelo presidente da ALRN, Ezequiel Ferreira de Souza, através da Mesa Diretora, pela Resolução 055/2009. Para outras informações: 84-3232-5749 / assecom.alrn@gmail.com.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário