segunda-feira, abril 27, 2020

Prefeito do Assú e colaboradores trataram sobre cenários que comprometem a arrecadação

Imagem: Paulo Henrique
27 de abril, pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares, ocasião em que se debateu uma série de questões relativas ao setor tributário do município. O compromisso transcorreu nas dependências do gabinete do prefeito.

Ambos também entregaram ao chefe do Executivo um minucioso relatório enfocando a substancial redução de receita do município. O detalhamento cita as razões para a diminuição do fluxo de caixa do Tesouro Municipal, apontando como motivação preponderante a retração econômica gerada pela pandemia do coronavírus (COVID-19) e a progressão dos desinvestimentos da Petrobras. 

O estudo técnico projeta que, somente com fontes como o ICMS, o ISS e os royalties, o Assú poderá registrar um decréscimo de arrecadação na ordem de R$ 12 milhões neste exercício. Também expuseram ao gestor uma proposta de formulação de alternativas, ideias e sugestões para revitalizar a economia no pós-pandemia e caso a política de desinvestimento da Petrobras continue se aprofundando.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário