quinta-feira, abril 23, 2020

Presidente da câmara de Macau se esconde para não cumprir decisão da justiça e comete outro crime

Imagens: Reprodução
Para não ser notificada da decisão que reconheceu a ilegalidade praticada pela presidente da câmara de Macau em não convocar sessão extraordinária, a vereadora Dyana Lira determinou o fechamento da Câmara Municipal e mandou todos os servidores para Casa, não deixando sequer um servidor responsável por receber correspondências oficiais.

Além disso, a vereadora Dyana fugiu da sua residência no distrito de Diogo Lopes para não receber a notificação da justiça, tudo isso foi narrado na certidão do Oficial de Justiça que se encontra no processo judicial de n. 0800468-12.2020.8.20.5105.

Com essa atitude, a vereadora Dyana incorre em mais um crime, o de obstrução à Justiça por dificultar e retardar o cumprimento de uma decisão judicial que ela é conhecedora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário