segunda-feira, julho 27, 2020

SERVIDOR PÚBLICO VÊ COOPERATIVISMO COMO FERRAMENTA PARA REESTRUTURAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ECONOMIA DO RN

Imagem: Reprodução
As atividades econômicas aos poucos estão sendo retomadas pelas empresas, organizações, instituições, associações, sindicatos e cooperativas para a geração de emprego e renda no Rio Grande do Norte. 

Com formação na área contábil e mais de trinta anos de experiência no funcionalismo público, o servidor público Breno Minora avalia com otimismo a evolução e o papel preponderante das cooperativas que proporcionam um ambiente favorável para o desenvolvimento do estado. 

A Organização das Cooperativas do Estado do Rio Grande do Norte (OCERN), por meio da representação político-institucional, vem promovendo com fidelidade os princípios e a doutrina cooperativista para o RN. Pré-candidato a vereador em Natal nas eleições deste ano, Breno Minora comentou que “o cooperativismo é fundamental para a retomada da economia, pois com o apoio e união dos mais diversos segmentos, especialistas e principalmente com a interlocução e participação direta da sociedade iremos avançar consideravelmente com o conceito cooperativo".

Para ele, é necessário enaltecer o conceito e as boas práticas do cooperativismo, que se trata da filosofia, sistema e movimento considerando as cooperativas como uma forma ideal de organização das atividades socioeconômicas. “Sempre visando a união de pessoas e não do capital, objetivando as necessidades do grupo e não o lucro”, disse.

O funcionalismo público tem na sua missão de servir com lisura, competência técnica e transparência a sociedade brasileira focando nos avanços sociais e econômicos da nossa capital. O Cooperativismo do estado está cada vez mais forte e, com a retomada gradual do comércio, e serviços da economia regional, mediante ao momento delicado que passamos de pandemia, toda a sociedade poderá acompanhar atentamente os bons frutos deste modelo que fomenta e subsidia brilhantemente às atividades socioeconômicas.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.


Nenhum comentário:

Postar um comentário