quinta-feira, julho 01, 2021

Flamengo sofre no 2º tempo mas vence o Cuiabá e cola no G4

Duelo na Arena Pantanal, o derradeiro da 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi o primeiro disputado entre as equipes na história

Imagem reprodução

Para encerrar a 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, Flamengo e Cuiabá mediram forças no primeiro duelo entre ambos na história. E deu um oscilante Rubro-Negro na Arena Pantanal, recuperando-se do revés do último fim de semana. Pedro e Thiago Maia foram os autores do gol da vitória, por 2 a 0, que permitiu o time de Rogério Ceni saltar na tabela e ganhar sete posições - agora é o sexto colocado, com 12 pontos em uma dúzia de partidas realizadas.

O primeiro tempo foi escasso de emoções, mas não zerado. Como era de se esperar, o Flamengo teve a iniciativa do ataque integralmente e alugou o campo de defesa dos mandantes. E, assim, com as rédeas da partida nas mãos, roubou a bola na pressão pós-perda e abriu o placar, ainda aos nove minutos.

Vale a menção da infiltração de Gomes, que pisou na área, como Ceni pede, e mostrou recurso ao servir Pedro, responsável apenas por escorar a bola, com Walter fora de posição: caixa. No mais, a etapa inicial contou com uma boa chance de Bruno Henrique já pela pequena área, defendida pelo goleiro, e só. O Dourado não assustou, e o Rubro-Negro pouco ousou para arrematar. 

Como a vitória quase foi destruída: O panorama da etapa final foi outro. Totalmente. O Cuiabá veio com mudanças táticas, adiantou as linhas e deixou o Fla, que perdeu o controle da posse, acuado em certos momentos. Um dos oriundos do banco, Danilo perdeu uma chance clara, nas costas da defesa rubro-negra, logo no reinício da peleja e não permitiu que o drama acentuasse.

O Cuiabá pressionou, tentou finalizar de longa distância e até chegou a ir à rede, mas houve impedimento - assinalado em campo - na origem do lance. Ficou o susto para os favoritos ao triunfo e o alerta em relação aos frequentes e duradouros "cochilos" após os intervalos.

O primeiro nunca se esquece: Para matar, o segundo gol do Flamengo saiu já nos acréscimos, numa estocada letal, com boa puxada de Rodrigo Muniz, assistente para o primeiro tento de Thiago Maia pelo Flamengo. A marca ao menos serviu de alento, já que o time se limitou aos contragolpes e, enfim, encaixou um na reta final.

Próximos compromissos: Sem o Maracanã por conta da Copa América, o Flamengo mandará o clássico contra o Fluminense, neste domingo, na Arena Neo Química (do Corinthians), às 16h. Já às 18h15, o Cuiabá recebe o Atlético-MG, no mesmo palco do jogo desta quinta. Ambos os confrontos serão pela 9ª rodada do Brasileirão.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário