sexta-feira, junho 07, 2019

IDIARN entrega projeto de expansão da área livre de mosca-de-frutas no RN ao Ministério da Agricultura

Imagens: Assessoria/Idiarn

O diretor geral do IDIARN,  Mário Manso, acompanhado do Diretor da Disav/Idiarn, Magnos Lacerda, entregou ontem (05), o projeto de expansão da área livre da mosca-das-frutas ao superintendente do ministério da agricultura no RN, Roberto Papa, na presença do presidente do Coex e Abrafruta, Luiz Roberto Barcelos.

O projeto trata da proposta de ampliação da
Área Livre da Praga Mosca-das-fruta (Anastrepha grandis) - ALP, hoje composta pelos municípios de Mossoró, Tibau, Grossos, Areia Branca, Serra do Mel, Baraúna, Assú, Afonso Bezerra, Alto do Rodrigues, Ipanguassu, Porto do Mangue e Upanema, que hoje atinge uma área de 8.409 km².

A expansão visa a inclusão dos municípios de Apodi, Governador Dix-Sept Rosado, Felipe Guerra, Caraúbas, Macau, Pendências, Jandaíra e Pedro Avelino na área livre da praga Mosca-das-fruta (Anastrepha grandis), com o objetivo de atender as exigências dos países importadores que caracterizam a espécie como praga quarentenária, impondo assim restrições fitossanitárias às importações de frutos de melão, melancia, abóbora e pepino. 

Com a ampliação a área passa para 15.077 km², praticamente dobrando a área produtora apta exportar.

"É um projeto de suma importância para a economia do Estado, onde existe a perspectiva da abertura do mercado Chinês para o melão Potiguar, incentivando um novo ciclo de geração de empregos" afirmou Mario Manso.





Nenhum comentário:

Postar um comentário