quinta-feira, abril 23, 2020

Prefeitura do Alto do Rodrigues incentiva desemprego

Imagens: Reprodução
Mostrando total despreparo para administrar a Prefeitura Municipal além de falta de sensibilidade com as necessidades da população, a prefeitura do Alto do Rodrigues incluiu no decreto 09/2020, datado de 07 de abril de 2020, onde institui e estado de calamidade pública, a possibilidade de rompimento ou interrupção de todos os contratos firmados juntos à prefeitura seja através de pessoa física ou jurídica.

A decisão do executivo pode desencadear demissões em massa por parte das empresas, o que resultara no agravamento do desemprego local o que afetará o comércio de forma negativa tornando a recuperação econômica do município mais complicada e demorada complicando ainda mais a vida da população.

Além de contratados, os pequenos comerciantes serão uma das classes mais afetadas com a falta de circulação financeira, fazendo pequenos comércios locais fechar as portas, demitir funcionários ou chegar ao limite do endividamento para manter sua estrutura.

Apesar de todos os pontos apresentados, o prefeito municipal, Nixon Baracho, se mostra inflexível e, recusa-se a reconhecer o erro, editando a medida mesmo sabendo que o estrago eminente na economia pode custar caro, inclusive para famílias que o apoiaram.
📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário