terça-feira, julho 26, 2022

Nesta quarta é o Dia de Conscientização e Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço e que marca o Julho Verde

Imagem: reprodução

Neste dia 27 de julho é celebrado o Dia Mundial da Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço. O câncer de cabeça e pescoço é o segundo tipo mais comum da doença entre os homens, atrás somente do câncer de próstata, e o quinto mais comum entre as mulheres. Para 2022, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima 39.960 novos casos de câncer de cabeça e pescoço entre os homens e de 34.280 novos casos entre as mulheres. Neste mês, a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço promove o “Julho Verde”, como forma de conscientizar e prevenir o câncer.

Os tumores de cabeça e pescoço são as lesões compreendidas entre a base do crânio e as clavículas, não sendo consideradas lesões do cérebro, que é de competência do neurocirurgião. Podem apresentar lesões de: lábios, língua, gengivas, assoalho da boca, palato – também conhecido como “céu da boca”, garganta, pregas vocais ou laringe, pele da face e pescoço, cavidades nasais e seios da face, glândulas salivares, tireoide, nódulos cervicais primários ou metastáticos”.

Segundo o cirurgião de cabeça e pescoço, o médico Luís Eduardo Barbalho (CRM: 2696/RN – RQE 674), “Dentre os fatores causais ou predisponentes, temos o tabagismo, que inclui cigarro, palheiro, charuto, cachimbo e narguilé. Estudos mostram que também pode estar relacionado aos cigarros eletrônicos, etilismo (principalmente destilados), próteses dentárias mal adaptadas, exposição excessiva ao sol, infecções por HPV. Existem casos também relacionados à predisposição genética”, explica.

Sinais de alerta e prevenção

De acordo com o médico, os sinais e sintomas que devem servir de alerta para as pessoas, principalmente as que são tabagistas ou etilistas, estão:

*Lesões esbranquiçadas ou avermelhadas em cavidade oral que não cicatrizam em até 15 dias

*Rouquidão progressiva que não melhora

*Sensação de “espinho de peixe” na garganta

*Dificuldade e dor para mastigar ou engolir

*Nódulos ou caroços no pescoço, de aparecimento abrupto ou progressivo

O paciente ao notar qualquer um dos sinais e sintomas relacionados anteriormente, deve-se procurar um cirurgião de cabeça e pescoço para avaliação, diagnóstico e tratamento adequado, visto que quando são diagnosticados e tratados precocemente, a cirurgia e sobrevida dos pacientes aumentam significativamente, ao contrário de quando diagnosticadas tardiamente, onde as cirurgias são mais radicais e maiores, e a sobrevida cai drasticamente.

O tratamento do câncer de cabeça e pescoço, segundo a SBCCP, depende de vários fatores, como localização, tamanho da lesão, metástases já presentes ou não, estruturas adjacentes comprometidas, estado clínico do paciente (nutricional, cardiológico, imunológico).

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário