sábado, julho 30, 2022

Jorge do Rosário defende a criação de cooperativas para a retomada da agropecuária do RN

Setor foi um dos que mais perdeu postos de trabalho, segundo dados do mapa do emprego de julho, elaborado pelo Sebrae RN

Imagem: reprodução

Segundo o mapa do emprego de Julho, divulgado pelo Sebrae RN, que faz um levantamento do mercado de trabalho, de cada cinco vagas de emprego formal abertas no Rio Grande do Norte em junho, pelo menos três delas foram criadas pelos pequenos negócios que atuam no estado.

Ainda segundo o levantamento, o setor de serviços, construção civil e comércio foram os que mais contrataram mão de obra, enquanto enquanto a indústria e o setor agorpecuário demonstraram perdas de postos de trabalho.

Ao comentar o levantamento, o pré-candidato a deputado estadual pelo Avante, Jorge do Rosário, reforçou a importância das pequenas empresas e a necessidade de uma política fiscal mais justa para os pequenos empreendimentos. "Além de uma economia aquecida, precisamos incentivar o pequeno e médio empresário através do acesso ao crédito e incentivos fiscais. Os pequenos negócios fazem a diferença na geração de emprego, mas podem empregar mais gente se tiverem estímulos", comentou.

Em visita à zona rural do município de Apodi, Jorge lamentou os resultados da agopecuária no RN e defendeu a criação de cooperativas e incentivos à agricultura familiar para fortalecer o setor. "Aqui em Apodi visitei a cooperativa de Agricultura Familiar, uma coisa linda de se ver. As pessoas unidas, trabalhando no que gostam e produzindo alimentos em suas terras", disse.

Em suas andanças pelo estado, o pré-candidato visitou inúmeras cooperativas e acredita que esse modelo de negócio pode ser um dos grandes motores da agopecuária do RN.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário