quinta-feira, julho 21, 2022

Para Jorge do Rosário a falta de representatividade política pode frear o desenvolvimento de uma região.

Em entrevista a uma TV de Mossoró, o pré-candidato defendeu que as soluções para os problemas do RN estão na política

Imagem: reprodução

O pré-candidato a Deputado Estadual Jorge do Rosário (Avante) foi entrevistado pelo Radialista Carlos Cavalcante no programa “Cidade Oeste em Debate”, que vai ao ar na TV Cidade Oeste, em Mossoró.

Além das expectativas para a convenção do Avante, que acontece nesta quinta-feira (21), a geração de emprego, investimento em infraestrutura e representatividade política também permearam a entrevista. Jorge chamou a atenção para um detalhe que afeta diretamente a população, que é a falta de representatividade política. “O complexo dos abolições, em Mossoró, e a falta de investimentos para desenvolver o turismo na região Costa Branca são exemplos de como a ausência de representatividade política pode penalizar uma região com grande potencial e a infraestrutura de uma cidade”, exemplificou.

O apresentador Carlos Cavalcante questionou Jorge sobre projetos que ofereçam oportunidades aos jovens, já que eles geralmente têm mais dificuldades para arrumar o primeiro emprego.

“Temos o projeto Jovens Conectados que é um projeto piloto, mas que estamos colhendo ótimos resultados. A ideia é capacitar os jovens para o empreendedorismo digital e usar essas novas plataformas para ganhar dinheiro”, disse Jorge.

As redes sociais hoje possuem várias aplicações além do entretenimento. Com um celular ou computador é possível criar um comércio virtual, torna-se um divulgador de produtos ou ser remunerado por vídeos populares no youtube. É dentro desse contexto que o projeto “Jovens Conectados” foi elaborado e já atendeu centenas de jovens, principalmente da zona rural. Na Assembleia Legislativa, Jorge do Rosário quer ampliar esse projeto para que alcance os jovens de todas as partes do RN.

📌Lembre-se: higienize as mãos sempre que necessário com água e sabão ou álcool em gel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário