Drogaria Santa Clara

Drogaria Santa Clara

sexta-feira, abril 28, 2017

A cerveja holandesa Heineken formalizou nesta semana rompimento com a Coca-Cola no Brasil

Imagem: Reproduçãocomo ganhar dinheiro em casa
A holandesa Heineken formalizou nesta semana, na 3ª feira (25.abr.2017), a decisão de romper seu contrato para distribuição de cerveja no Brasil por meio da Coca-Cola. Esse rompimento terá implicação bilionária, pois o acordo entre as duas empresas duraria até 2022.
A Heineken será pressionada a pagar uma compensação à Coca-Cola. Analistas do mercado acham que a cifra poderá ser bilionária. Tudo dependerá de acordo entre as duas empresas ou o caso pode virar uma enorme disputa judicial.
A Coca-Cola teve uma atitude fleumática em seu comunicado (eis a íntegra ) anunciando os resultados do 1º trimestre de 2017: “À luz de que o nosso contrato [com a Heineken] ainda está em vigor, nós estamos avaliando os próximos passos e ações possíveis”. Eis o trecho que trata desse assunto, em inglês:
“Heineken’s portfolio is currently being distributed through the Coca-Cola bottler system in Brazil under an agreement in effect until year 2022. Subsequently, on April 25, 2017 our Brazilian subsidiary received formal notice from Heineken communicating its intention to terminate its commercial relationship with us and the rest of the CocaCola system in Brazil. In light that our agreement is still on effect, we are currently assessing next steps and possible actions; and in the meantime we will continue business as usual serving the market with Heineken products.”
Esse rompimento entre a Heineken e a Coca-Cola era 1 desfecho possível desde quando, em 13 de fevereiro de 2017, a cervejaria holandesa comprou a Brasil Kirin Holding SA por 664 milhões de euros.
O negócio com a Brasil Kirin (que pertencia à empresa japonesa Kirin) transforma a Heineken na 2ª maior cervejaria do Brasil. As marcas da agora ex-japonesa incluem Baden Baden, Eisenbahn e Schin.
Logo após fechar o negócio com a Kirin, a Heineken informou que aguardaria uma avaliação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a respeito do acordo de distribuição que mantinha com a Coca-Cola.
Em comunicado ao mercado em fevereiro, a Heineken informou que a Brasil Kirin detém perto de 2% do mercado de refrigerantes no Brasil –sobretudo com a com marcas como a Itubaína.
O fato de haver conflito de interesses –na distribuição de refrigerantes– é que levou a Heineken a se antecipar e decidir romper o contrato de distribuição de suas marcas via Coca-Cola.


Vitamel o Fortificante Do Trabalhador :
 Vitamel combate a fraqueza no corpo e, é amigo do coração. Vitamel te fortalece da cabeça aos pés . Vitamel combate cansaço no corpo e na mente . Vendido em Todas as farmácia de nossa cidade . Atenção: vitamel e único não existe similar e nem genérico . Não compre o vitamel com o nome trocado , corra em qualquer farmácia você vai acha vitamel, em Assu entrega em domicílio sem custo adicional é só ligar para os números 3331-1232 e 99610-4845, Mas você encontra o vitamel e todas as farmácias de sua cidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário