Drogaria Santa Clara

Drogaria Santa Clara

segunda-feira, agosto 21, 2017

ASSÚ: Ato expõe deliberações da Plenária Final de Conferência Municipal de Assistência Social

Imagem: Ilustração

Publicada no exemplar do dia 11 deste mês do DOM-Diário Oficial do Município, a Resolução nº 010/2017, oriunda do CMAS-Conselho Municipal de Assistência Social enumerou as deliberações da Plenária Final da Conferência Municipal de Assistência Social, ocorrida dias 11 e 12 de julho passado, no auditório do Campus da UERN em Assú. A Resolução, fruto de reunião realizada dia 2 de agosto corente na Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação, é assinada pelo presidente do CMAS, Vicente Carlos Chimbinha Júnior.
As deliberações para o município são: promover fóruns intersetoriais de políticas públicas, semestralmente, garantindo a participação da sociedade civil, universidades e poder público; reformular a legislação municipal da Assistência Social, benefícios eventuais (emissão de documentos, concessão de passagens, complementação alimentação, auxílio-natalidade, e aluguel social) mediante Relatório Técnico a ser realizado por profissional competente, bem como, criar fluxos e estratégias de divulgação para o acesso aos benefícios eventuais, bem como aos programas e serviços da Assistência Social; ofertar Centro Dia de Referência Especializado para Pessoas com Deficiência, bem como implantar acessibilidade das estruturas físicas dos serviços públicos, fortalecendo o SUAS para que possa atender de forma mais eficiente seu público prioritário e ter condições de prestar mais apoio às entidades internas e externas; implementar parceria com os cursos de pedagogia locais para ofertar projeto continuado de alfabetização para os idosos; aprimorar os mecanismos de registro das demandas dos usuários pelas equipes técnicas para subsidiar o Banco de Dados da Vigilância Socioassistencial; realizar diagnósticos socioassistenciais para posterior reformulação da territorialização dos equipamentos da Assistência Social e aumentar as equipes do PAIF e PAEFI; promover ações de capacitação para conselheiros, sociedade civil e gestores de dados técnicos em linguagem acessível, por meio de cursos e distribuição de material de didático, quanto ao exercício de suas funções, financiados pelo poder publico; definir percentual em lei de no mínimo entre 6% e 8% de cofinanciamento municipal para a política da Assistência; executar o PCCR da administração que incluem servidores da Assistência Social; e, garantir no mínimo 80% de servidores efetivos na Política de Assistência Social.
As deliberações do município para o Estado são: implantar serviços regionalizados de acolhimento institucional para idosos, pessoas com deficiência, mulheres vítimas de violência, crianças e adolescentes; ampliar, aprimorar e executar planos de educação permanente, como o CapacitaSUAS, por meio da oferta de um leque de cursos de introdução, atualização e de aperfeiçoamento dos gestores, trabalhadores, conselheiros e sociedade civil, em parceria com COEPPIR-Coordenadoria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial e outros; efetivar a participação do Estado no cofinanciamento do SUAS, definindo percentual de 6% a 8%; e, promover a publicização dos direitos e serviços socioassistenciais em mídias oficiais e não oficiais.
Por fim, a medida também relaciona as deliberações do município para a União: garantir o fortalecimento das seguranças afiançadas pela política de Assistência Social por meio de assegurar o poder aquisitivo do BPC e sua vinculação ao salário mínimo; ampliação da cobertura do BPC, assegurar contínua valorização monetária do PBF, provisão dos benefícios eventuais; bem como fortalecer a política de acesso ao trabalho decente através do retorno do PRONATEC como estratégia de inclusão produtiva de forma articulada ao AcesSUAS Trabalho; criação de uma carteira unificada para idosas, pessoas com deficiência e doenças crônicas para que possam acessar os seus direitos, sem que seja necessário criar um tipo de documento para cada benefício; ampliar a participação da União no cofinanciamento do SUAS; criação de outro CRAS; e, criação de equipes volantes tendo em vista o tamanho da zona rural do município, bem como garantir as condições físicas e estruturais para a realização desse trabalho.

O MELHOR CACHORRO QUENTE DA CIDADE, A DIFERENÇA ESTÁ NO MOLHO, VENHA CONFERIR E SE DELICIAR, ATENDER BEM OS CLIENTES É NOSSA MISSÃO, ESTAMOS NO POSTO DINIZ NO CENTRO DE ASSÚ,  VENHA  E TRAGA SEUS AMIGOS E FAMÍLIA. ESTAMOS EM LOCAL ACESSÍVEL, AMPLO ESPAÇO PARA SENTAR E APRECIAR UM SABOROSO CACHORRO QUENTE, QUER SER ATENDIDO EM CASA? LIGUE 99804-0403, ''VOCÊ É NOSSO CONVIDADO ESPECIAL.
A PERDA DE UM ENTE QUERIDO DEIXA TODA UMA FAMÍLIA FRAGILIZADA. NO MOMENTO DE DOR, PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR VIDA NÃO SÓ SE SOLIDARIZA COM OS PARENTES COMO TAMBÉM  COLOCA EM PRÁTICA TODOS OS PRECEITOS E OBRIGAÇÕES CONSTANTES NO PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR. TUDO É FEITO COM SENSIBILIDADE E DISCRIÇÃO. MAS COM A EFICIÊNCIA DE PROFISSIONAIS CAPACITADOS E CONSTANTEMENTE APERFEIÇOADOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário