Drogaria Santa Clara

Drogaria Santa Clara

quinta-feira, maio 25, 2017

Crescimento do número de suicídios leva Garibaldi a propor Semana de Valorização da Vida

Foto:Agência Senado.
No Brasil, uma pessoa se mata a cada 45 minutos. Segundo especialistas, a depressão e o abuso de drogas estão entre os principais fatores de risco.
Em audiência pública da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), ocorrida na manhã desta quinta-feira (25), os especialistas participantes concordaram com a iniciativa do senador Garibaldi Filho de propor a criação de uma Semana de Valorização da Vida, a ser realizada anualmente, na semana que compreender o dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. O autor do projeto argumentou que é importante falar sobre o problema, que é cercado de tabus e preconceitos. “A sociedade não tem a dimensão do problema. Nós temos o imenso desafio de fazer com que ela possa se mobilizar em função disso”, observou o senador.

O psiquiatra Quirino Cordeiro, coordenador-geral de saúde mental, álcool e outras drogas, da Secretaria de Atenção à Saúde, do Ministério da Saúde, disse que os números são preocupantes e revelam uma tendência de crescimento dessas mortes entre os jovens. “O que a gente percebe é que nos últimos dez anos vêm ocorrendo um aumento significativo, um aumento importante nas taxas de suicídio no Brasil”, afirmou o especialista.

A presidente da Associação Psiquiátrica de Brasília (APBr), Maria Dilma Alves Teodoro, enumerou que o aumento no stress no estilo de vida moderno, os tempos de crise política e econômica (desemprego) e a redução no acesso ao tratamento profissional podem contribuir para levar uma pessoa à tentativa de suicídio. Porém, ela destacou que quase 100% dos suicídios tem como base uma doença mental, sendo que na metade dos casos há uma associação entre depressão e o abuso de substâncias psicoativas. Outro dado é que pelo menos 10% das vítimas são esquizofrênicas.

Por sua vez, o diretor de educação da SaferNet Brasil e pesquisador do programa de pós-graduação em psicologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Rodrigo Nejm, ressaltou a importância da educação na promoção do conhecimento para que os jovens possam melhorar a qualidade de suas escolhas online e navegar na Internet com segurança. Entre outros assuntos, ele abordou o jogo conhecido como “desafio da baleia azul”, que teria levado jovens a se matarem. Segundo ele, desde as primeiras notícias sobre a chegada do jogo ao Brasil, a SaferNet tem coletado evidências e trocado informações dentro do próprio país e no exterior.

Rodrigo disse que não foram encontradas evidências que comprovem a existência de uma ação coordenada, ou de uma estrutura centralizada de comando e controle, que teria sido responsável por criar grupos em aplicativos de troca de mensagens e fóruns em redes sociais com o objetivo de recrutar adolescentes e jovens a cometer suicídio. Existiria, sim, grupos descentralizados criados em sua maioria por adolescentes e jovens, com o objetivo de “trolagem”, praticar “cyberbulling” e, em casos isolados, incitar ou induzir outros adolescentes e jovens vulneráveis a cometer suicídio.

CVV – Os médicos e especialistas explicaram que nove em cada dez casos podem ser evitados com o diagnóstico e tratamento adequados. Eles defenderam que o suicídio deve ser tratado como um problema de saúde pública, por meio de campanhas educativas, programas específicos e a ampliação do atendimento de saúde mental. Também destacaram a recente parceria entre o Ministério da Saúde e o Centro de Valorização da Vida, que tornará gratuita as ligações feitas ao serviço de prevenção ao suicídio até 2020.

A porta-voz do CVV, Leila Herédia, lembrou que o trabalho feito por voluntários busca aliviar o sofrimento e ouvir as pessoas em tempos de crise. “A gente funciona como um pronto-socorro emocional. A pessoa precisa conversar, dialogar, falar das angústias que a estão incomodando naquele momento. Seja de manhã, de tarde, de noite ou de madrugada, ela pode ligar para o CVV que vai ter nos sete dias da semana, nos 365 dias do ano, um voluntário para ouvi-la”, garantiu. O CVV existe há 55 anos e atende no telefone 141, por e-mail ou bate papo na internet no endereço www.cvv.org.br


Está com azia, má digestão, gastrite ou prisão de ventre? Use Chá Amargo Original da Natural Ervas.

Chá Amargo Original da Natural Ervas Chá Amargo é muito usado para os que sofrem de problemas digestivos. Muito útil também em casos de debilidade digestiva por problemas nervosos. É um  fortificante  do estomago, muito eficaz. Combate os oxiúros. Empachamento, azia e má digestão. Fonte de vitamina B12, vitamina D3 e vitamina C. Benefícios Diurético Digestivo Depurativo Calmante Antioxidante Estimulante Entre outros benefícios 

Nenhum comentário:

Postar um comentário