Drogaria Santa Clara

Drogaria Santa Clara

sexta-feira, maio 12, 2017

Grupos de quadrilhas juninas discutem soluções para fomentar o setor na ALRN

Foto: Ney Douglas
As dificuldades para fomentar um dos segmentos culturais mais importantes do Rio Grande do Norte, as quadrilhas juninas, foram discutidas, com soluções alternativas, na Assembleia Legislativa, em audiência pública promovida pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT).

"As quadrilhas juninas são uma das maiores expressões da cultura nordestina e potiguar, mas não há políticas públicas para apoiar essa atividade. O objetivo da audiência é discutir o tema e encontrar soluções", ponderou o deputado propositor da audiência.

Convidado para dar sua contribuição, o vereador Fernando Lucena (PT) criticou a postura da Prefeitura do Natal e do Ministério Público, que, segundo ele, não apoiam adequadamente e oferecem, no caso do MP, resistência sobre horários para as programações juninas.

Para Akalison de Araújo, presidente da Liga de Quadrilhas Juninas, os próprios editais nos quais estão previstos iniciativas para fomento à cultura não contempla de maneira justa a atividade quadrilheira. Nessa esteira, o secrecetário de Cultura de São Gonçalo do Amarante, Flávio Henrique, destacou o abandono do setor.

"Vivemos de pires na mão tentando captar recursos para a cultura, mas não é fácil. Temos visto, cada vez mais, que precisaremos nos virar com o que temos. É um cenário desestimulante", anotou o secretário.

Uma das sugestões dadas durante o debate foi para que o modelo que garantiu em Natal a realização de eventos juninos seja levado para o interior do Estado. As cidades que realizam eventos esbarram na exigência de órgãos de controle para que as festas cessem às 22h. Em Natal, isso foi solucionado após lei na Câmara Vereadores autorizar as atividades até a meia noite e as 2h durante dos fins de semana.

Com o reconhecimento das quadrilhas juninas como patrimônio cultural da cidade, o que é reconhecido em lei, o setor fica autorizado a captar recursos com mais facilidade. Além disso, foi encaminhado entre os participantes a realização de um cadastro para identificar todos os grupos, de modo a compartilhar as experiências que cada organização tem.

Já para a captação de recursos, o deputado Fernando Mineiro sugeriu que os grupos voltem à Assembleia Legislativa para elaboração de emendas para o orçamento do próximo ano.

José Adécio faz discurso para lembrar morte do filho adolescente há 16 anos


Foto: João Gilberto
O deputado estadual José Adécio (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira (11) para fazer um discurso que ele entendeu como “fora dos padrões da Casa”. Ele prestou uma homenagem ao filho Eduardo Otávio Costa, que morreu aos 14 anos e hoje completaria 31.
“Ele era o meu caçula e já se vão 16 anos que essa convivência física partiu”, disse José Adécio que falou sobre o “menino rebelde” que queria ser jogador de futebol, mas que se foi precocemente, provocando mudanças em sua vida. “Meu querido Dudu me fez tornar uma pessoa mais simples e mais humilde. Ele me ensinou o que eu precisava aprender”. Segundo o deputado, “o sofrimento já não existe, o que existe é a lembrança”.
O deputado fez um relato sobre a vida curta do filho e fez um relato pessoal de sua carreira na engenharia e na política, primeiro do município de Pedro Avelino e depois do Rio Grande do Norte. Também fez agradecimentos a amigos que o ajudaram quando o filho adolescente morreu. E ele citou os hoje senadores Garibaldi Filho (PMDB), então governador do Estado e seu adversário na época, e José Agripino Maia (DEM).
Aparteando o parlamentar, o deputado Raimundo Fernandes (PSDB) lembrou do episódio triste na vida de José Adécio e rendeu elogios ao colega de plenário. “O caráter de um homem se mede pelos gestos que pratica, e que Vossa Excelência continua praticando”. Também fez aparte o deputado Vivaldo Costa (PROS) para demonstrar solidariedade “pessoal e parlamentar” ao deputado José Adécio. Presidindo a sessão, Hermano Morais (PMDB) se solidarizou com o parlamentar.

José Dias diz que sem as reformas o país
pode se transformar num caos


Crédito da Foto: João Gilberto
O deputado José Dias (PSDB) disse hoje que o Brasil não pode mais resolver o problema da falta de recursos com outras pedaladas, só havendo um caminho para o País voltar a investir em saúde, educação, infraestrutura e segurança, com a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária. Em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (11), o parlamentar disse que se elas não forem feitas agora terão que ser feitas depois de uma forma mais dura.

“Estou numa pregação quase que solitária em defesa das reformas que são necessárias para o País. Ou fazemos agora a reforma que é possível ou vamos fazer uma dolorosa. Sem as reformas trabalhista e da previdência, o País pode se transformar num caos”, asseverou o deputado José Dias.

O parlamentar destacou que o Brasil está vivendo a fase mais perversa que é o que foi deixado pelo Governo anterior com uma taxa de desemprego que é a maior do País.  Ele registrou que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados.

“Esses dados são baseados apenas naqueles que procuram emprego e não conseguem. Somando com os que estão desempregados e que não estão procurando emprego e com o subemprego, vamos para um número estratosférico de 20 milhões de brasileiros”, reforçou José Dias.

O deputado disse que algumas medidas que já forma tomadas pelo Governo fizeram com que o País já mostrasse índices de recuperação favoráveis, afirmando que na última apuração a inflação está superior a 4% e que se as reformas forem concluídas, no fim do ano esse percentual será de 3,5%.

“Lamento que a mídia coloque que os parlamentares são contra a aprovação, embora saibam que é necessária, com medo de não se reelegerem”, concluiu o deputado.




ASSÚ: Mr.Dog  Os melhores cachorro quente da cidade a diferença está no molho venha conferir e se deliciar,  nossa equipe se esforça para atender os clientes e preparar os melhores cachorros-quentes da cidade, tudo ao mesmo tempo, no posto Diniz do Centro Assu,  traga seus amigos e familiares e experimente, vale muito a pena! aqui é um locais super acessíveis e possuem amplo espaço para sentar e apreciar um saboroso cachorro quente,   Fone: 998040403,  ''você é nosso convidado especial'' 

Nenhum comentário:

Postar um comentário